27/03/13

7 - Ñañe’ẽmi Guarani: ©Apohára: Miguel Angel Veron GÓMEZ, 2009

http://guaraniportugues.blogspot.com/  
Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani. 
Cecy Fernandes de ASSIS

Ñañe’ẽmi Guarani: ©Apohára: Miguel Angel Veron GÓMEZ, 2009
Ko aranduka osẽ FONDEC/Fondo Nacional de Cultura e Artes pytyvõme.
Tradução para o português: Cecy Fernandes de Assis
Mbo’epy mbohapyha 3
1. José encontra-se em Assunção e não sabe como chegar ao Congresso (Parlamento).
Um transeunte indica-lhe como chegar.
José: Mba’éichapa. / Bom dia.
Guataha / Transeunte: Iporãnte. / Bem, estou bem.
José: Ikatúpa amba’eporandu(mi) ndéve. / Poderia pedir-lhe uma informação?
Guataha / Transeunte: Ikatu. / Pode.
José: Moõpiko opyta Parlamento. / Onde fica o Congresso, Parlamento?
Guataha / Transeunte: Opyta Paraguayo Independiente ha 14 de mayope. / Fica na rua.... Com a rua...
José: Mba’éichapa héra kóva ko tape. / Como se chama esta rua?
Guataha / Transeunte: Kóva 14 de mayo. / Está é a…
José: Mba’éichapa aguahẽta Parlaméntope / Como faço para chegar até o Congresso, Parlamento?
Guataha / Transeunte: Reguatava’erã yrundy Kuádra yvatévo ha upépe rejuhúta. / Deves andar quatro quadras e ali encontrarás.
José: Aguyje ndéve. / Obrigada.
Guataha / Transeunte: Ndaipóri mba’érepa. / Não há de que, por nada.

Para pedir informações, em guarani podemos usar as palavras interrogativas que já conhecemos: Mba’e /que; mba’éicha /como; araka’e / quando;moõ / onde, aonde; ma’erã, mba’erã mba’upe. / para que, máva / quem, mba’ere / por que.
A pregunta inicial começa normalmente com: ikatúpa, ikatupiko. Katu / Posso, é possível.
Pa, piko / partícula interrogativa.
E se desejar pedir licença para sair de um lugar, falamos: Ikatúpa asẽ
sapy’aite. / Posso sair um momento? Com licença, posso sair um momento?

2. Ñaime terminalpe ha jahase Ciudad do Estepe. Naporãndu peteĩ kunataĩme mba’éichapa jajapova’erã pevarã, mba’e mba’yruguatapépa jahakuaa. Jajapota pytyvõhára ñemoirũme. / Estamos na rodoviária (terminal de ônibus) e queremos ir apara a Cidade de… Perguntamos a uma senhorita (moça) como devemos fazer, que ônibus tomaremos para ir. Vamos fazer com que nossa ajudante nos acompanhe.
 Mba’éichapa kunataĩ. Ikatúpa amba’eporãndumi ndéve / Bom dia, senhorita. Posso perguntar-lhe algo?
............................................
............................................
Partículas de número e pessoa (para verbos regulares).
Observamos estas palavras extraídas da primeira conversação. amba’eporãndu / pedir informação, opyta / fica, aguahẽta / chegarei, reguatava’era / deves andar, rejuhuta / encontrarás.
As palavras são verbos. As partículas em negrito são partículas que indicam número e pessoa.
A partícula é uma letra ou sílaba que tem sentido apenas se estiver unida a um lexema, mas se estiver separada não terá sentido.
*Mombyky / Abreviações: Ps = Pessoa singular; Pp = Pessoa plural.
1ª Ps: che -a- aguapy / eu sento - akañy / eu perco, escondo.
2ª Ps: nde -re- reguapy / tu sentas - reakañy / tu perdes, escondes.
3ª Ps: ha’e -o- oguapy / ele senta - okañy / ele perde, esconde.
1ª Pp inclusivo: ñande -ja, ña- jaguapy / nós sentamos - ñakañy/ nós perdemos, escondemos.
1ª Pp exclusivo: ore -ro- roguapy / nós sentamos - rokañy/ nós perdemos, escondemos.
2ª Pp: peẽ -pe- peguapy / pekañy / vós sentais - rokañy / vós perdeis, escondeis.
3a Pp ha’ekuéra: -o- oguapy / eles sentam - okañy / eles perdem, escondem.

 Jesarekorã: / Atenção: na primeira pessoa plural inclusiva - ñande - temos duas partículas - ja, ña -. A primeira usa-se com os verbos orais (jaguapy / nós sentamos) e a segunda com os verbos nasais (ñakany / nós perdemos, nós escondemos).
3. Nosso amigo José quer resolver problema com sua carteira de identidade e não sabe como chegar até o Departamento de Identificação de Assunção. Ele está no terminal de ônibus de Assunção. Vamos ajudá-lo, explicando como deve expressar as ideias em guarani.
 - Bom dia. /....................
 - Posso preguntar-lhe algo? / .........................
 - Como posso ir daqui (onde estou) até o Departamento de Identificações? / ..........................
- Que linha (de ônibus) devo tomar? /
- Em qual rua fica o Departamento de Identificações? /
- Obrigado(a). /
4. Ñasẽ ñamba'ejoguávo ha ñaporandúta mba’apohárape jajoguaséva repy  (atenção com o uso das partículas de número e pessoa). / Sairemos para fazer compras e perguntaremos o preço do produto que queremos comprar.
Posso fazer uma pregunta?
Resposta em guarani ...................................................
Tens calças?
Resposta em guarani .......................................................................
Qual é o preço?
Resposta em guarani ...................................................
Tens camisas?
Resposta em guarani ...................................................
Quando as terá? (as camisas) 
Resposta em guarani ...................................................
Agradecemos pela atenção dispensada.
Resposta em guarani ................................................... 

14/03/13

John Lennon

http://guaraniportugues.blogspot.com/
 Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani.
Cecy Fernandes de ASSIS


Che mitãme po áry arekorõguare,che sy he’iva`ekue chéve: -Vy’a ha’eha iporãve mba’e oĩva   ko ñande rekove.” / Quando eu tinha 5 anos, minha mãe disse-me: A felicidade é a melhor coisa que tem na vida.
“Upé akakuaa ha aha mbo’ehaópe. Upépe oporandu chéve hikuái: mba’épa aipota oiko chehegui che tuicha vove.” / Então cresci e fui para a escola. Lá me perguntaram: o que eu queria ser quando crescesse.
“Ha ha’ekuéra he’i chéve: - Ndaikumbyporãihague pe porandu. Ha che ha’e ichupekuéra: ndoikumbyporãiha tekove.” / Eles me disseram que eu não entendi a pergunta, e eu lhes disse que eles não entendiam a vida. John Lennon

06/03/13

Mavavekuéra / Os Nadas - Eduardo Galeano, guaraníme

http://guaraniportugues.blogspot.com/ 
 Dicionário Guarani / Português, Português / 
Guarani.Cecy Fernandes de ASSIS


       Tũngusuéra ikepe ohechagua’u ojoguaha peteĩ jagua ha iképe Mavavekuéra ohecha oñemboykeha mboriahúguiha, peteĩ ára okyhásapy’a po’a marangatu hi’arikuéra, ojehekuavoha -kambuchipeguáicha- po’a marangatu hi’arikuéra; ágãykatu po’a marangatu ndotykýi kuehe, ko ára térã ko’ẽrõ térã araka’eve. / As pulgas sonham em comprar um cão e sonham os Nadas em deixar de ser pobres, que algum mágico dia chova de repente a boa sorte, que chova a cântaros a boa sorte; mas a boa sorte não chove ontem, nem hoje, nem amanhã, nem nunca,
 Po’a marangatu niko ndo’ái amandayvípe yvágagui, jepémo Mavavekuéra ohenói ichupe; jepémo oñandu hikuái iporemoiha ijasúpe, térã opu’ãgui hikuái hupágui ipy akatúa reheve terã omoñepyrũhaguére ary pyahu typycha pyahu reheve. /  a boa sorte, nem feito garoa cai do céu, por mais que os Nadas chamem-na e mesmo que belisque-lhes a mão esquerda, ou se levantem com o pie direito, ou comecem o ano novo mudando de escova.
Mavavekuéra: avaveita, heko’avavéva, apere’a muñaha, tekove imano’agũíva, tovatavy, tovatavyjo’áva. / Os Nadas: os ninguéns, os ninguenzados, correndo livres, morrendo a vida, fodidos, refodidos:
Ndaha’éiva mba’eve jepémo hekove. / Que não são nada, embora sejam.
Naiñe’ẽngatúiva. Ha’ekuéra iñe’ẽmeguãnte. / Que não falam idiomas, eles falam dialetos.
Naijeroviakatúvai. Ha’ekuéra ijeroviachaemínte. / Que não professam religiões, eles creem em superstições.
Nomba’e’apokatúvai. Ha’ekuéra omba’e’apochu’ínte. / Que não fazem arte, eles fazem artesanato.
Nombo’ajéiva tekokatu. Ha’ekuéra iñaranduka’atymínte. / Que não praticam cultura, eles fazem folclore.
Ndaha’éiva avakatu. Ha’ekuéra mba’apoharamínte. / Que não são seres humanos, eles são recursos humanos.
Ndahováiva. Ha’ekuéra ijyvánte. / Que não têm cara, eles têm apenas braços.
Ndahéraiva. Ha’ekuéra niko papapymínte. / Que não têm nome, eles são apenas número.
Ndaijáiva arapy rembiasakuépe. Ha’ekuéra, ára ha ára, ija táva marandu huguýva apytépente./ Que não aparecem na historia universal, eles aparecem, dia após dia, nas crónicas vermelhas da imprensa local.
1.- Rehendusérõ Eduardo Galeanope he’i jave hembiapokue “Os Nadas”, ehesakutu ko’ápe: http://www.youtube.com/watch?v=R0Ku7QxYZpQ
2. Remoñe’ẽsérõ Eduardo Galeano rembihai “As venas abiertas de América Latina”, ehesakutu ko’ápe: http://www.chavez.org.ve/wp-content/uploads/2010/05/as-venas-abier...

05/03/13

Areko peteĩ kerayvoty /Tenho um sonho

http://guaraniportugues.blogspot.com/ 
 Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani. 
Cecy Fernandes de ASSIS


Mbohasa Guaraníme: David Galeano Olivera
Ler original em (http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/martin-luther-king-guar...)

I
Che kerayvotýpe oĩ tekosãso, / Sonhar com a liberdade,
Che kerayvotýpe oĩ tekojoja, / Sonhar com a justiça,
Che kerayvotýpe oĩ tekopeteĩ ha nga’ura’e / Sonhar com a igualdade e oxalá!...
Che kerayvoty amoañete. / Sonhar em torna-las verdadeiras.
III
Che kerayvotýpe ahecha che ñemoñarépe / Sonhar com a minha descendência
Kakuaapyre, hesãi ha ivy’apavérõ / Crescida, saudáveis e felizes,
Ovevéramo ijehegui, / Voando com suas próprias asas,
Hesarai’ỹre araka’eve haitýgui. / Sem nunca se esquecer do ninho.
IV
Che kerayvotýpe ahecha mborayhu / Sonhar com o amor,
 Ahecha aporohayhurõ ha oĩha cherayhúva, / Sonhar com amar e ser amado,
Añeme’ẽhápe ha’e’ỹre mboýpa ha / Dando tudo sem medir e
Aipyhyhápe opa mba’e ajerure’ỹre / Recebendo tudo sem pedir.
V
Che kerayvotýpe ahecha py’aguapy ko yvórape, / Sonhar com a paz no mundo,
Che retãme ha… chepype /E meu país... Em mi mesmo,
Ha oiménepa oĩ oikuaáva umíva apytépe / E quem saberá, dentre elas,
Mávapa hasyvéva ojehupyty / Qual é mais difícil de alcançar.
VI
Che kerayvotýpe ahecha che akãrague / Sonhar que meus cabelos,
Ho’a ho’a ha iñapatĩ ñepyrũvo / Que raleiam e embranquecem,
Ha jepémo upéicha che apytu’ũ / Embora não impedem que minha mente
Ha che ñe’ã akóinte ipyahu / E meu coração sigam sempre jovens,
Ha mokõive toheka mba’ekuaa’ỹ apo / E, ambos, que procurem a ousadia,
Katui taimitã ha ani ogue ichuguikuéra / Que sigam meninos e conservem a
Ñembosarái reko / Capacidade de brincar
VII
Amoañete haguã umi che kerayvoty / Para tornar verdade meus sonhos
Tekotevẽ’ỹre ahupyty umi mba’e / Sem necessidade de solicitar por
Po’a pytyvõ rupive / Milagres que não mereceria
VIII
Che kerayvotýpe ahecha ku / Sonhar que quando chegue ao
Aguahẽvo che rekove pahápe ikatutaha ha’e / Final da minha vida poderei dizer
Tapiaite aikohague kerayvoty pópe / Que vivi sempre sonhando e que
Ha che rekove ha’ehague peteĩ kerayvoty kepeguare / Minha vida foi um sonho sonhado
Ojehúva peteĩ pyhare puku ha hekororývape / Que encontrei em uma grande e plácida noite
Ko arapy ijapyra’ỹvape / Da eternidade.

01/03/13

http://guaraniportugues.blogspot.com/ 
 Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani. 
Cecy Fernandes de ASSIS

 6 Ñañe’ẽmi Guarani: ©Apohára: Miguel Angel Veron GÓMEZ, 2009
Ko aranduka osẽ FONDEC/Fondo Nacional de a Cultura e as Artes pytyvõme.

Tradução para o português: Cecy Fernandes de Assis

Akóinte / Sempre, continuamente.

Asaje / A sesta, durante a sesta.

Hasykatu / Esta ficar doente.

(a)Hecha / Ver, enxergar, olhar.

Iñe’ẽme / Em seu idioma.

Irũ / Companheiro, amigo, colega.

Jepiveguaichante / Como sempre.

(a)Jojuhu / Encontrar-se,

Ka'aru / À tarde, durante a tarde.

Ka'arupytũ / À noitinha, crepúsculo.

Ko'ẽ / Alvorecer, manhã. aurora.

Kuehe / Ontem.

Maitei / Cumprimento, saudação.

Maymavete / Todos, todas.

Mokõiha / Segundo, segunda (num. Ord.).

(a)Momaitei / Cumprimentar, saudar.

Ndaikuaái / Não sei.

Neko'ẽ / Tu amanheceste.

Porã(nte) / Bem, ótimo. Pyhare / Noite. Pyhareve / Bem cedo, de manhã. Pyhareveasaje / Metade da manhã.
Ru, tuva / Pai. Papai.

Se / Partícula que expressa modo volitivo.

Tapicha / Pessoa, semelhante, gente.

Tee / Próprio.

Tembiapoha / Lugar de trabalho.

Tetaygua / Cidadão/a, conterrâneo(a).

Vai / Mal, ruim, feio(a).

Vokoiete / Oportunamente.

(a)Vy'a / Alegrar-se.

27/02/13

5 Ñañe’ẽmi Guarani: ©Apohára: Miguel Angel Veron GÓMEZ, 2009

http://guaraniportugues.blogspot.com/ 
 Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani. 
Cecy Fernandes de ASSIS


Ñañe’ẽmi Guarani: ©Apohára: Miguel Angel Veron GÓMEZ, 2009
Ko aranduka osẽ FONDEC/Fondo Nacional de a Cultura e as Artes pytyvõme.
Tradução para o português: Cecy Fernandes de ASSIS
3. Jajojuhu peteĩ tapicha ndive ñane rembiapohápe. Ñañemongeta hendive ha pevarã ñaporãndu ichupe: mba’éichapa ijasaje, mba’éichapa héra, moõguápa, moõpa oreko hóga, moõguipa ou, moõpa omba'apo ha moõpa ohóta osẽ rire  upégui. / Encontramos uma pessoa Conversamos com ela e logo vamos perguntar-lhe: Como foi sua sesta, como é seu nome, de onde é, onde mora, de onde vem, onde trabalha e aonde irá depois de sair daqui.
......................................................................................................................................
4. Ñane rembiapohápe og̃uahẽ peteĩtetãygua one'ẽseva diretora ndive. Ñamomaitei ichupe, ñaporãndu ichupe héra ha moõguipaou.  Upéi jajerure ichupe ñanera'arõ'imihaguã hese director téra directora./ No nosso trabalho chega um cidadão que quer falar com o(a) diretor(a), vamos cumprimentá-lo, perguntamos seu nome e de onde veio. Depois pedimos-lhe para espere um pouco pelo diretor ou diretora.
5. Com a ajuda do/a pytyvõhara praticaremos saudações formais. Os participantes usam outras formas de cumprimentos usados em seu dia a dia.
Ñanemandu'a haguã: / Para não esquecer:
Mba’éichapa ñande ñandepyhareve / Como foi a nossa manhã?
Che chepyhareve porã. / Minha manhã foi boa.
Nde ndepyhareve porã. / Tua manhã  foi boa.
Ha'e ipyhareve porã. / Sua manhã  foi boa.
 Ñande ñandepyhareve porã. / Nossa manhã foi boa..
 Ore orepyhareve porã. / Nossa manhã foi boa.
Peẽ pendepyhareve porã. / Vossa manhã foi boa.
Ha'ekuéra ipyhareve porã. / A manhã deles foi boa.
Mavapa iko'ẽ porã ko árape. / Quem amanheceu bem neste dia?
Che cheko'ẽ porã ko árape. / Eu amanheci bem neste dia.
 Nde neko'ẽ porã ko árape. / Tu amanheceste bem neste dia.
Ha'e iko'ẽ porã ko árape. / Ele amanheceu bem neste dia.
 Ñande Ñaneko'ẽ porã ko árape. / Nós amanhecemos bem neste dia.
 Ore oreko'ẽ porã ko árape. / Nós amanhecemos bem neste dia.
Peẽ peneko'ẽ porã ko árape. / Vós amanhecestes bem neste dia.
Ha'ekuéra iko'ẽ porã ko árape. / Eles amanheceram bem neste dia.
Mba’éichapa ñande ñandeasaje / Como foi nossa sesta?
 Che ndacheasajeporãi. /  Minha sesta não foi boa.
Nde nandeasajeporãmbai. / Tua sesta não foi boa.
Ha'e nda'ijasajeporãi. / A sesta dele não foi boa.
 Ñande nañandeasajeporãi. / Nossa sesta não foi boa.
 Ore nda'oreasajeporãi. / Nossa sesta não foi boa.
Peẽ napendeasajeporãi. / Vossa sesta não foi boa.
Ha'ekuéra nda'ijasajeporãi. / A sesta deles não foi boa.
Mavapa ipyhareve vai ko árape. Quem teve a sua manhã ruim hoje?
Che chepyhareve vai ko árape. / Eu tive uma manhã ruim hoje?
 Nde ndepyhareve vai ko árape. / Tu tiveste uma manhã ruim hoje?
Ha'e ipyhareve vai ko árape. / Ele teve uma manhã ruim hoje?
 Ñande Ñandepyhareve vai ko árape. / Nós tivemos uma manhã ruim hoje?
 Ore orepyhareve vai ko árape. / Nós tivemos uma manhã ruim hoje?
Peẽ pendepyhareve vai ko árape. / Vós tivestes uma manhã ruim hoje?
Ha'ekuéra ipyhareve vai ko árape. / Eles tiveram uma manhã ruim hoje?
Mba’éichapa ñande ñandeka'aru / Como foi nossa tarde?
Che cheka'aru porã. / Minha tarde foi boa.
Nde ndeka'aru porã. / Tua tarde foi boa..
Ha'e ika'aru porã. / Sua tarde foi boa.
 Ñande ñandeka'aru vai. / Nossa tarde foi ruim.
 Ore oreka'aru vai. / Nossa tarde foi ruim.
Peẽ pendeka'aru vai. / Vossa tarde foi ruim.
Ha'ekuéra ika'aru vai. / A tarde deles foi ruim.
Mba’éichapa reiko(mi) / Como vai?
Aiko porã. / Vou, ou passo bem.
Ñandepa mba’éicha ñandepyharese / Nós, como queremos dormir?
Che chepyhare porãse. / Eu quero dormir bem.
Nde ndepyhare porãse. / Tu queres dormir bem.
Ha'e ipyhare porãse. / Ele quer dormir bem.
 Ñande ñandepyhare porãse. / Nós queremos dormir bem.
 Ore orepyhare porãse. / Nós queremos dormir bem.
Peẽ pendepyhare porãse. / Vós quereis dormir bem.
Ha'ekuéra ipyhare porãse. / Eles querem dormir bem.
Ñemongeta tapépe: / Conversando no caminho:
Mba'e la pórte, Juan. / Como vai João?
 Jaryiete. Mba'épiko rejaporeína ko'a rupi. /  Tudo bem. O que fazes por aqui?
Ha péina aju avisitávo che rúpe. /  Estou aqui para visitar meu pai.
 Iporãite péva.Aréma ndajajoechavéi. / Faz tempo que não nos vemos.
Aréma ndajajoechavéi añete. / Verdade, faz tempo que não nos vemos.
 Maiteimi nde rúpe. / Lembranças a teu pai.
Aguyje ndéve, che irũ. Jajoecháta vokoiete. / Agradeço-te (obrigado(a), meu amigo. Logo nos veremos.
Avy'aite rohecháre. Jajoecháta vokoiete. /  Alegro muito por ver-te. Logo nos veremos.
Ñeñemongetavemi.  / Vamos conversar.
Mba’éichapa ñande Ñanderéra / Como é nosso nome (como eu me chamo)?
Che cheréra Ramon. / Meu nome é Ramão.
 Nde nderéra Maria. / Teu nome é Maria
Ha'e héra Jose / O nome dele é José.
 Ore oreréra Maria, Ramon ha Jose. / Nosso nome é Maria, Ramão e José.
Peẽ penderéra Ramon ha Maria. / Vosso nome é Ramão e Maria.
Ha'ekuéra héra Federico ha Fernando. / O nome deles é Frederico e Fernando.
Ñemongeta tapépe:
Mba'e la porte, João.
 Jaryiete. Mba'epiko rejaporeína ko'a rupi.
Ha péina aju avisitávo che rúpe.
 Iporãite péva.Aréma ndajajoechavéi.
Aréma ndajajoechavéi añete.
 Maiteimi nde rúpe.
Aguyje ndéve, che irũ. Jajoecháta vokoiete.
Avy'aite rohecháre. Jajoecháta vokoiete.