03/02/10

Arte y bocabulario de la lengua guarani



Arte y bocabulario de la lengua guarani
Por Antonio Ruiz de Montoya
http://books.google.com/books?id=TeTs0bFG-fcC&dq=arte+y+bocabulario+de+la+lengua+guarani&hl=pt-BR&source=gbs_navlinks_s

A pedidos: tradução da Arte y bocabulario de la lengua guarani

do Padre Antonio Ruiz de Montoya.

Aparecerá sempre no marcador: Montoya.

http://guaraniportugues.blogspot.com/

Transliteração para o português: Cecy Fernandes de Assis
Capítulo 1 (páginas 23 e 24)
Tem esta língua as oito partes da oração: substantivo, pronome, verbo, particípio, posposição, advérbio, interjeição e conjunção.

Declinação dos substantivos.
Nominativo (sujeito e predicado): Avare - Sacerdote.

Genitivo (possessão): Avare mba’e - Coisa do sacerdote.

Dativo (objeto indireto): Avare upe - Para o sacerdote.

Acusativo (objeto direto): Para o sacerdote.
Vocativo (vocativo): Sacerdote,
Ablativo: (complementos circunstanciais):

Avaregui - Do sacerdote.

Avarepype - Com o sacerdote.

Avarépe/me - No sacerdote.

Avarerehe - Pelo sacerdote.

A singular e o plural são da mesma maneira e o plural não tem distinção de nota do singular: para o plural usam a partícula heta ou os substantivos numerais.

Do substantivo e do adjetivo

Os adjetivos se pospoem aos substantivos e se declinam como eles, com as mesmas partículas.

Nominativo: Avare marangatu: Sacerdote bom.

Genitivo (possessão): Avare marangatu mba’e - Coisa boa do sacerdote.

Dativo (objeto indireto): Avare marangatu upe - Para o sacerdote bom.

Acusativo (objeto direto): Avare marangatu - Sacerdote bom.

Vocativo (vocativo): Sacerdote bom,

Ablativo: (complementos circunstanciais): Avare marangatugui, pe, rehe, pype, pýri (com, por).

Notas sobre a declinação dos substantivo
O genitivo da possessão se realiza colocando em primeiro lugar o que possuem e logo o possuído.
Avare mba’e - Coisa do Sacerdote
O genitivo da coisa que se possui realiza-se com a posposição -pe, -rehe, -guarã.

Mba’e yvágapeguarã - As coisas do céu.

O dativo se realiza com a posposição -upe; para ele ou a ele. e pode-se acrescentar -guarãma quando indicar comodidade ou propriedade.
Avare upe - Para o sacerdote ou ao sacerdote.

Ame’ẽ ichupe guarãma - Dei-lhe (dei alguma coisa para alguém).

O acusativo ou pessoa paciente nos verbos ativos, coloca-se antes ou depois dos verbos
Avare ahayhu, ahayhu avare. Amo o sacerdote.

O vocativo se percebe pelo sentido da oração.

O ablativo se realiza com estas posposições: -gui, -pype, -pe/me, -ri, -rehe (maiores informações no capitulo 17).
O termo posposição é usado porque sempre vem depois do vocábulo.

Akyhyje avaregui. - Temo o sacerdote.

Avarépe. - Com o sacerdote. (com palavras nasais:-me).

Okẽme. - Na porta.

O ablativo (complemento circunstancial) de matéria funciona como o genitivo da coisa possuída ou com nomes substantivos (adjetivo e substantivo).
Ava itareheguarã. Homem feito de pedra (de que matéria? De pedra).

Ña’ẽmbe yvyra, yvyra ña’ẽmbe. - Prato de pau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguyjevete ne ñe'ë. Obrigada pelo teu comentário.