22/03/10

Tempo passado do verbo na interrogação


Ñe’ẽtekuaa - Gramática
Tempo passado do verbo na interrogação
Ñe’ẽjoapy - Frases (Frases do livro Guaraní a su alcance: Bartomeu Meliá, Luis Farré, Alfonso Pérez. CEPAG, 1997


Para formar este tempo interrogativo usa-se o advérbio de modo ra’e.
Será colocado sempre no final da frase.
Techapyrã / Exemplos
 - Mba’éichapa pene ko’ẽ ra’e. - Como (vós) amanheceste?
 - Ore rekópente, ha nde róga gotyo. - Segundo nosso costume, e na tua casa?
 Ou avei piko José ra’e. - O José também veio?
 Yma ha’e va’ekue ndéve. - Faz tempo que te disse (isto).
 Ha ko namigo piko, moógotyo ojupi ra’e. - E seu amigo, até onde subiu?
 E’a, ha ere porã niko ichupe ra’e. - Eia, pois! Disseste muito bem (havia sido)!
 Añete mbo he’i ra’e. Pois, havia dito a verdade!
 Mba’épa he’i kompa ra’e. O que o compadre disse?
 Ñandejára oma’ẽ ñandereko ko pyhareve ra’e. Nosso Senhor olhou por nós esta manhã (havia sido que).
 Araka’épa reguahẽ ra’e. Quando chegaste?
 Mamópa omano raka’e Ñandejára. Onde morreu Nosso Senhor?
 Oúpa avei nde sy ra’e. Tua mãe também veio ?
 Nde rehechápa nde ra’íre ra’e. Viste teu filho?
 Mba’épa ojehu ndéve ra’e. O que aconteceu contigo?
 Mba’éichapa ne ko’ẽmi ra’e. Como amanheceste?
 Mavápa ne pytyvõ ra’e. Quem te ajudou?
 Mamópa reho ra’e. Onde foste?


Raka’e indica um passado remoto nas frases interrogativas.
Será colocado sempre no final da frase.
 Mba’e piko ere raka’e. - O que me disseste?
 Ipochy piko nendive raka’e. Enfezou-se contigo (no passado)?
 Mávapa ñande apo raka’e. Quem nos fez?


Ra’e, raka’e quase sempre são usadas com nipo (ningo, nimbo, ngo). Usa-se também para expressar uma frase exclamativa sobre algo que já aconteceu. Será colocado sempre no final da frase. Podemos traduzir pela expressão: havia sido que...
 E’a, ma’ẽ Aniceto, reju nipo ra’e. - Eia, olhe Aniceto, (havia sido que) chegaste!
 Reikove nipo ra’e. Ainda vives!
 Umi viru hetáva ra’y nimbo otĩ avei ra’e. (Havia sido que) os filhos dos ricos também têm vergonha!
 Heta mba’e jevýma nipo ojehu ichupe ra’e. (Havia sido que) aconteceram-lhe, outra vez, muitas coisas!
 Añete, chamigo, che keranamínte nipo ra’e. É verdade, meu amigo, tenho sido um pouco dorminhoco.
 Ne kerana nimbo ra’e. (Havia sido que) és um dorminhoco.
 Reguahẽ nimbo ra’e. (Havia sido que) já chegaste!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguyjevete ne ñe'ë. Obrigada pelo teu comentário.