20/08/10

Topônimos de origem Tupi e Guarani


Ta'anga - Amy Casey

Topônimos de origem Tupi e Guarani
(em alguns nomes não há consenso quanto o significado)

Abaeté - < ava + ete = homem verdadeiro.
Aceguá - < jasy + kua = vale/buraco da lua.
Amambai - < amambái = samambaia.
Amapá - < ama'pa, árvore da família (Apocynaceae, Hancornia amapa), muito abundante na região.
Andirá - < andira = morcego.
Anhangabaú - < añanga + mba'e + hũ = rio ou água do mau (escuro) espírito.
Aquidauana - (guaicuru) < aki + dauana = rio estreito, delgado.
Aracaju - < a'ra + ka'yu = cajueiro dos papagaios ou época de nascer.
Araçatuba - < arasa + tyba = lugar de muitos araçás.
Araçoiaba - < arasy + soyaba = cobertura, chapéu.
Araguari - < ara + gua + ry = rio do vale das araras.
Arapiraca - < ara + poya + rakã = ramo que o periquito visita.
Arapongas < guyra + pu = pássaro que faz ruído.
Araranguá - < arara + ngua = vale das araras.
Araraquara - < arara + kuára = buraco das araras.
Aratiba - < arara + tyba = lugar de muitas araras.
Araxá - < ára + hecha = visão de onde se avista o dia.
Atibaia - < yva + tyba = lugar de muita fruta.
Avanhandava - < ava + ñani + va = onde o homem atravessa correndo.
Avaré - < ava + re = outro que é diferente, nome que os índios deram ao padre ou missionário.
Bataguasu - < Bata (nome próprio) + y + guasu = Bata, homenagem ao fundador Jan Antonin Bata + rio grande.
Bataiporã - < Bata (nome próprio) + y + porã = Bata, homenagem ao fundador Jan Antonin Bata + rio bom ou bonito.
Baturité - < yvyty + ete = serra por excelência, a grande serra.
Bauru - < yva + uru = cesto de frutas.
Bertioga - < mbiriki + óga = morada dos macacos muriquis (Brachyteles arachnoides).
Bertioga < Buriqui + óga = morada dos macacos muriquis (Brachyteles arachnoides).
Birigüi - < mbiru + mirĩ = mosca pequena, mosquitinho maruim.
Bocaiuva - < mboka + yva = fruta que se abre (Acrocomia mokayayba).
Boituva - < mbói + tuva = lugar de muitas cobras.
Botucatu - < mbo + ivytu + katu = bons ares.
Buritama - < mbiritĩ + tetã = terra dos buritis
Butantã - < yvy + hatã = terra dura.
Caarapó - < ka'a + rapo = raiz da erva-mate.
Caatí < ka'a + tĩ = mata/erva branca.
Caetité - < ka'a +ita + ete = mata com muitas pedras.
Camapuã - < kama + pu'ã = seio levantado, colina em forma de seio.
Caruaru < ka'a + ruru = caruru, planta de folhas rugosas (Amaranthus viridis) ou < yakurua'ru (grandes lagartos (gên. Tupinambis merianae).
Catanduva < ka'a + ata + nduva/tyba = lugar de mata dura, cerrado.
Corumbá < ku'ru + mba = banco de cascalho, ou kurupa = aroeira (Schinus molle).
Corumbá é o nome do rio que passou à cidade.
Curitiba < Kuri + tyba = lugar de muitos pinheiros.
Cuiabá < Kyya < Kuya < cuya = lontra brilhante.
Goiás - < etnônimo indígena do grupo dos goiás.
Gravatá - < ka'a + rakua + hatã = caraguatá, planta de ponta dura, pontiaguda, (bromeliáceas).
Gravataí - < ka'a + rakua + hatã + y = rio dos caraguatás.
Grupiara - < kuru + piára = lugar com cascalhos.
Guaçuí - < guasu + y = aguada dos veados.
Guaíra - < gua + y + rã = lugar onde não se pode passar, nome de cacique Guayra.
Guajará-mirim - < yvyra + yara + mirĩ = árvore guajará (Chrysophyllum venezuelanense).
Guaporé - < y + kua + pore'ỹ = vale, enseada deserta.
Guaraçaí - < kuarahy = sol.
Guarantã - < yvyra + hatã = madeira rija, dura.
Guarapari - < guyra + pari = viveiro de pássaros.
Guarapuava - < guara + póva = barulho de guará.
Guarapuava - < guara + púva = latido ou uivar dos guarás
Guararapes - < guarara + pe = lugar de ruído.
Guaraci - < kuarahy = sol.
Guaraciaba - < kuarahy + taba = aldeia do sol.
Guaratinguetá < Guyra + tĩ + eta = lugar de muitas garças-brancas.
Guarujá - < kuare + jái = buraco aberto, passagem estreita.
Guaxupé - < gua + eichu + pe = buraco de abelhas
Guiratinga - < guyra+ tĩ = pássaro branco, garça.
Gurupi - < kuru + pe + y = rio do cascalho.
Iacanga - < y + akã = nascente, cabeceira de rio.
Ibaté - < yvate = alto.
Ibiá - < yvy + ã = terra alta.
Ibirapuera - < yvyra + kuéra ou yvyra + kue + rã = muitas árvores, ou que já teve muitas árvores.
Ibirarema - < yvyra + rema = madeira fétida.
Ibitinga - < yvy + tĩ = terra branca.
Ibiúna - < yvy + una = lugar de terra escura (por causa da neblina espessa).
Igaraçu - < ygara + guasu = canoa, barco grande.
Igarapava - < ygara + páva = lugar onde ficam as canoas.
Iguaçu < y + guasu = rio grande.
Iguaruçu < ygara + guasu = canoa grande.
Iguatama - < ykua + tama = lugar de lagoas.
Iguatemi - < ykua + tĩ + mi = fonte (pequena) de águas claras ou yvate + mi = serrinha, serra pequena.
Ijuí - < y + ju'í = rio das rãs
Imbituba - < guaimbe + týva = cipoal.
Indaiatuba < Indaia + tyba = lugar com muita palmeira indaiá (Attalea dubia).
Inhapim - < y + ñani + po'i = água que corre como fio.
Ipanema - < ypa + nema = rio de água fedida.
Ipatinga - < ykua + tĩ = lagoa branca
Ipauçu - < ykua +guasu = lagoa grande.
Ipeúna - < yvyra + pe + una = madeira de casca preta.
Ipiranga - < y + pytãva = rio vermelho
Irapuã - < eira + pu'a = abelha que faz casa de terra arredondada.
Irati - < eira + tĩ = mel branco, claro.
Itabira < ita + apu'ãpyre = pedra levantada.
Itabuna < ita + una = pedra escura.
Itacoatiara - < ita + kuatia +ra = pedra com escrita.
Itacuruba - < ita + kuru + va = pedra enrugada, áspera.
Itaguara - < ita + kuára = gruta, pedra oca, perfurada.
Itajaí - < ita + ya + y = rio pedregoso.
Itajobi - < ita + hovy = pedra verde.
Itajubá - < ita + júva = pedra amarela.
Itajubá < ita + jumba = pedra amarela.
Itamarati - < y + ita vera + tĩ = rio dos cristais ou diamantes.
Itanhaém - < ita + ñe'ẽ = pedra que fala.
Itaocara - < ita +okara = terreiro de pedras.
Itapecirica - < ita +syry + ga = pedra que escorrega.
Itapetininga - < - itape + tininga = lugar de pedras secas.
Itapeva - < ita + péva = pedra plaina, achatada, laje.
Itapevi - < itape + y = rio das lajes
Itapira - < ita + apyra = pedra empinada, pontuda.
Itaporã - < ita + porã = pedra bonita.
Itaquaquecetuba < itakua + kyse + tuba/tyba = lugar com muita taquara cortante.
Itaquera < ita + kera = pedra dormente.
Itaquirai - < ita + kera + i = pedrinha dormente.
Itatiaia < ita + tatĩ +ite = pedra cheia de pontas.
Itatiba < ita + tyba = lugar com muitas pedras.
Itatim - < ita +tĩ = pedra branca.
Itaú - < ita + hũ = pedra preta.
Itu < y + tu = cachoeira.
Ituiutaba - < ytu + ayta + va = local de nadar na cachoeira.
Ituverava - < ytu + veráva = cachoeira brilhante
Ivaiporã - < yva + y + porã = rio de fruta boa ou bonita.
Ivinhema - < yvy + nema = terra fedida.
Jacareí < jakare + y = rio dos jacarés.
Jacarepaguá - < jakare + ypa + gua = lagoa dos jacarés.
Jaciara - < jasy + ara = o que é da lua.
Jaguaré - < jagua + re = esconderijo da onça.
Jaguariúna - < jagua + y + una = rio das onças de águas escuras.
Jaguaruna < jaguarete + una = onça preta.
Japorã - < (talvez) hecha + porã = vista bonita.
Jateí - < yvyra + yva + tã = árvore de fruto duro.
Jaú - < ava + hũ = homem escuro.
Juçara - < ju + sara = espinho que dá coceira, palmeira (Euterpe edulis).
Jundiaí - < jundia + y = rio dos bagres.
Mairiporã - < mbairy (nome dado pelos tupis aos franceses) + porã = cidade bonita.
Manhuaçu - < mandi + ju + guasu = peixe mandi, amarelo grande
Maracaju - < mbara + akã + ju = papagaio da cabeça amarela.
Marajó - < mbara + ĩo = tirado do mar, anteparo do mar.
Maranhão - < Mair, anhanga, = alma ou espírito de Mair, mar grande, mar que corre.
Mauá - < mba'e + ã = lugar alto.
Moji-Guaçu - < mbói + y + guasu = rio de cobras grandes.
Moji-mirim - < mbói + y + mirĩ = rio de cobras pequenas.
Morumbi - < morombi (inútil) ou mberu + hovy = mosca verde.
Morungaba - < porã + va = o que é belo.
Nhandeara - < ñande + jára = Nosso Senhor.
Nuporanga - < ñu + porã = campo bonito.
Pacaembu - < paka + yvy/mby = terra ou rio das pacas.
Pará - < para, mar/rio que parece com o mar.
Paracatu - < para + katu = rio/mar bom.
Paraguaçu - < para + guasu = rio/mar grande.
Paraíba - > para, mar + y + vai = rio de água ruim.
Paraibuna - < para + vai + una = rio/mar ruim de águas turvas.
Paraná - < para + aña = igual ao mar.
Paranaguá - < parana + gua = enseada igual ao mar.
Paranapanema < parana + nema = rio grande de água imprestável.
Paranatinga - < parana + tĩ = rio grande e de água branca.
Paranavaí - < parana + vai = rio grande e feio.
Parati - < para + tĩ = mar ou rio branco.
Parnaíba < para + ñane + jyva = delta de rio.
Pernambuco - < paranã + pu'ka = onde o mar se arrebenta.
Piauí - < piau + y = rio dos piaus (Leporinus piau).
Pindamonhangaba < pinda +amoña = lugar onde se faz anzóis.
Piracaia - < pira + kái = peixe queimado.
Piracanjuba - < pira + akã + ju = peixe de cabeça amarela.
Piracicaba - < pira + sykáva = lugar de captura de peixe.
Pirapora - < pira + po + rã = onde os peixes saltam.
Piraquara - < pira + kuára = buraco de peixes.
Pirassununga - < pira + sunu + ga = lugar que o peixe faz barulho.
Piratininga - < pira + tininga = peixe seco.
Ponta Porã - < ponta + porã = ponta bonita.
Roraima - (Taurepang) < roro + imã = monte verde.
Sapiranga - < sa + pytã + ga = que tem o olho vermelho.
Sapucaia - < sa + puka + hy'akua = cabaça que se abre como olho, árvore sapucaia (Lecythis pisonis).
Saquarema - < soko + rema = caatinga dos socós.
Saúipe - < tahýi + pe = Formiga chata.
Sergipe - < si'ri + y + pe = rio dos siris.
Sorocaba - < soro + kua + va = escavação, fenda causada pelas enxurradas.
Tabapuã - < tava + pu'ã = aldeia erguida ou no alto.
Tabatinga - < tava + tĩ+ ga = aldeia de barro branco.
Tacuari - < takua + mirĩ = taquarinha.
Tacuarussu - < takua + rusu = taquara grossa.
Tacuru - < takuru = cupinzeiro.
Taiaçu - < tãi + guasu = que tem dente grande: caitetu, cateto.
Taquaritinga - < takua + y + tĩ + gua = rio das taquaras brancas.
Tatuapé - < tatu + tape = caminho do tatu.
Tatuí < tatu + y = rio dos tatus.
Taubaté - < tava + ete = aldeia verdadeira.
Taubaté < taba + ete ou yvate = aldeia legítima ou aldeia alta.
Tietê - < y/ty + ite = rio muito bom, verdadeiro.
Tijuca - < tuju + ga = lugar de banhado.
Tijuca - < y/ty + juka = água que mata, água podre.
Tocantins - < Tukã + tĩ = bico de tucano, etnônimo indígena do grupo dos tukano(s).
Tucuruí < tykue + ro'y = líquido frio.
Tupanciretã - < Tupã + sy+ retã = terra da mãe de Deus.
Uberaba < y + veráva = água que brilha.
Unaí - < ta'ỹi + i = grãozinho, sementinha.
Votorantim - < ytu +ra +tĩ = cascata branca.
Votuporanga - yvytu + porã = vento bom, ar bom.
Xanxerê - Kaingang = Campina da Cascavel.
Xaxim - < sã + chĩ = corda lisa, fibra macia.

Um comentário:

Aguyjevete ne ñe'ë. Obrigada pelo teu comentário.