29/07/11

Ñe’ẽjoaju / Oração

http://guaraniportugues.blogspot.com
 Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani. 
Cecy Fernandes de ASSIS

Ñe’ẽjoaju / Oração
Ñe’ẽjoaju: ha’e ñe’ẽ aty he’íva ipype temiandu ha apytu’ũ roky ha hesakãva.
Oração: é o conjunto de palavras que expressa pensamentos e tem sentido completo.

Ñe’ẽjoaju ñemohenda ava he’iséva rupi. Classificação de orações conforme o que diz o falante.
Ñe’ẽjoaju moneĩva: pe oñe’ẽva omoneĩ he’íva.
Oração afirmativa: o falante afirma o que diz.
Techapyrã
Che aike kosináme./ Eu entro na cozinha.
Isy amokambu imembýpe./ A mãe amamenta o filho.

Ñe’ẽjoaju mbotovéva: pe oñe’ẽva ombotove he’íva.
Oração negativa: o falante nega o que diz.
Techapyrã
Ko tape ndohói mamove, ndéngo pe rehovareína. / Está estrada não vai a lugar nenhum, tu és que vai nela.
Natekotevẽi./ Não é necessário.

Ñe’ẽjoaju porandúva: pe oñe’ẽva oporandu oikuaase peteĩ mba’e, guaraníme ñaporandu haguã jaipuruva’erã ñe’ẽpehẽtai pa ha piko.
Oração interrogativa: o falante pergunta, quer saber alguma coisa. Em guarani para perguntar devemos utilizar as partículas sufixas pa e piko. 
Techapyrã
- Mba’épa he’ise potapy. / O que significa potapy?
- Mavápa umi kuatia apohakuéragui hi’ã ndéve iporãitevevaha. / Qual destes autores tu achas o melhor?

Ñe’ẽjoaju momorãva: ha’e pe jaipurúva ñamomorã ha jahecharamo haguã peteĩ mba’e.
Oração exclamativa: é a que usamos para admirar ou embelezar uma coisa.
Techapyrã
Iporãitépa nde ao! / Lindo seu vestido!
Ojehayhu maymáva rehe! / É querido por todos!

Ñe’ẽjoaju potapýva: ha’e pe oipotáva ojehu térã nahánirĩ peteĩ mba’e.
Oração volitiva: é aquela que deseja que ocorra ou não uma coisa.            
Techapyrã
Ahase nde rógape, Peru./ Quero ir em tua casa, Pedro.
Mbo’eicha tamora’e ipoty nde raperã. / Oxalá floresçam teus caminhos.

Ñe’ẽjoaju apoukapýva: ha’e upe ojepurúva ojejerure, oñembotove térã oñeñe’ẽ pohýi haguã.
Oração imperativa: é a que se utiliza para pedir, negar ou para dar ordem.
Techapyrã
Ejumíkena ko’ápe. / Venha aqui.
Che pytyvõmíme. / Ajude-me, por favor.

Ñe’ẽjoaju mo’ãva: ha’e pe ndajaikuaaporãi jave jaipotáva oiko térã nandepy’a mokõi jave peteĩ mba’ére.
Oração dubitativa: é a que indica dúvida, desejo que aconteça ou não uma coisa.
Techapyrã
Ikatúko oguahẽ che sy ko ka’aru./ é possível que minha mãe venha esta tarde.
Ikatúko upéi ñáne Retã imbareteve./ é possível assim que nossa pátria se fortaleça.
Ñe’ẽjoaju potapýva: ha’e pe oipotáva ojehu térã ndojehúi peteĩ mba’e.
Oração desiderativa: é aquela que deseja que ocorra ou não uma coisa.
Techapyrã
Mba`pu ahenduse ku manterei. Musica quero ouvir sempre.
Upépe ahase ahendu ipuka.  Lá quero ir ouvir seu riso.
Ndaipotái mba’éve./ Não quero nada.
Ndakaruséi. / Não quero comer.
Aháta  aiporavo che aorã. / Vou escolher um vestido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguyjevete ne ñe'ë. Obrigada pelo teu comentário.