19/09/11

Ñe’ẽapoha ñe’ẽtéva / Vozes verbais

http://guaraniportugues.blogspot.com/ 
 Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani. Cecy Fernandes de ASSIS

Ñe’ẽapoha ñe’ẽtéva / Vozes verbais

Ta'anga: Take a leaf out of my book: Anneke Cottle 

Ñe’ẽapoha / Voz - Voz verbal é a flexão do verbo que indica se o sujeito pratica, ou recebe, ou pratica e recebe a ação verbal.
No Guarani há seis vozes que se expressam por meios de prefixos que vão unidos às raízes: voz ativa, voz passiva, voz recíproca, voz coativa, voz objetiva e voz inclusiva.

1 - Ñe’ẽapohaite / voz ativa - Voz do verbo em que o sujeito pratica a ação. Não há prefixo, techapyrã / ex.:
æ  Ha’e oguata. Ele caminha (verbo intransitivo).
æ  Chíko ohayhu Ánape. Francisco ama a Ana (verbo transitivo).
æ  Ha’e oinupã jaguápe. Ela castiga o cachorro.
2 - Ñe’ẽapoheta / voz passiva - Voz do verbo na qual o sujeito da oração recebe a interpretação de paciente, em lugar da de agente da ação verbal. Faz-se com uso do prefixo / ñe (oral e nasal) techapyrã / ex.:
æ  Ána ojehayhu. Ana é amada.
æ  Jagua oñenupã. O cachorro é castigado.
3 - Ñe’ẽapoñondiveha / voz recíproca - É quando há dois elementos funcionando como sujeito e ambos são agentes e pacientes ao mesmo tempo. Faz-se com o prefixo / ño (oral e nasal), techapyrã / ex.:
æ  Chíko ha Ána ojohaihu. Francisco e Ana se amam (mutuamente).
æ  Jagua ha mbarakaja oñorairõ. O cão e o gato brigam (mutuamente).
4 - Ñe’ẽapoukaha / voz coativa - O sujeito é agente de uma ação que induz o objeto (ao mesmo tempo agente e paciente) a executá-la. O prefixo de voz coativa transforma um verbo intransitivo em transitivo. É expressa por meio dos prefixos: -mbo, mbu, mby; mo, mu, my (oral e nasal), techapyrã / ex.:
æ  Aguata, amboguata vaka. Caminho (intransitivo), faço a vaca caminhar (transitivo).
æ  Ha’e omomba’apo kavaju. Ele faz o cavalo trabalhar.
Quando se antepõe um prefixo de voz coativa a um substantivo, adjetivo ou advérbio estes se transformam em verbos regulares transitivos, techapyrã / ex.:
æ  Jára, ambojára. Dono, proporcionar.
æ  Katupyry, ambokatupyry. Capaz, capacitar.
æ  Aguĩ, amoaguĩ. Perto, aproximar.
5 - Ñe’ẽapoukapy / voz objetiva - O sujeito agente induz o objeto a fazer a ação do verbo que realiza junto com ele. O objeto é paciente e agente. Os prefixos usados são: ro, guero, eles indicam que os verbos estão em voz objetiva. São verbos transitivos, techapyrã / ex.:
æ  Aroguahẽ ichupe kotýpe. Eu a recebi no quarto.
æ  Ha’e ogueroguata ikavaju. Ele faz seu cavalo andar.
æ  Aguerohory Chírope. Eu felicito Isidoro.
6 - Ñe’ẽapoñemiha/voz inclusiva - O sujeito é agente, o objeto está incluído dentro do prefixo guero (para pessoas) e mba’e (para animais e objetos), techapyrã / ex.:
æ  Ñongatu, amba’eñongatu. Guardo, economizo.
æ  Mbyasy, aguerombyasy, tristeza, dar pêsames, condolências.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguyjevete ne ñe'ë. Obrigada pelo teu comentário.