17/06/12

Ñe’ẽ Ñe’ẽjoajueta ñe’ẽjoajuháva/orações compostas por coordenação em guarani.

http://guaraniportugues.blogspot.com/ 
 Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani.
 Cecy Fernandes de ASSIS


Kuaarape – Gramática
O período é composto por coordenação quando tem orações equivalentes, ou seja, as orações que formam o período têm a mesma função (o mesmo valor sintático). São também definidas como orações sintaticamente independentes umas das outras, relacionadas entre si pelo sentido, techapyrã/ex.:
æ  Aha tavápe, upépe ojogua pyryru. Fui lá, comprei sapatos.
æ  Ajuhu Domingo, ha’e chemomaitei. Encontrei Domingo, ele cumprimentou-me.
æ  Oguapy, okaru, oke. Senta, come, dorme.
æ  Oike ha oguapy. Entra e senta-se.
As orações coordenadas estabelecem entre elas vários tipos de relação, podem ser:
a) - Orações coordenadas assindéticas - São orações que não são introduzidas por conjunção. Devido ao fato de não virem introduzidas por conjunções, devem sempre ser separadas por vírgulas, techapyrã/ex.:
æ  Aguahẽ, apopo, ake. Cheguei, brinquei, dormi.
æ  Teresa  osẽ,      oho,     oñani   tapére. Teresa saiu, foi, correu pelo caminho.
b) - Orações coordenadas sindéticas - São orações coordenadas introduzidas por conjunção. As orações coordenadas sindéticas podem ser:
æ  Aditivas.
æ  Adversativas.
æ  Alternativas.
æ  Explicativas.
a) - Ñe’ejoajuhaite rupi/coordenadaaditiva - Serve para ligar simplesmente duas orações ou dois termos. Exprime ideia de soma, juntar ou aproximar orações de função e natureza idêntica. Forma-se com as conjunções: nem, mas, também, mas ainda, ora. Em Guarani as conjunções são: ha e ha’e, techapyrã/ex.:
æ  Ha’e osẽ ha oguata. Saiu e andou.
æ  Ohecháma ha nde’iri mba’eve. Viu-lhe e não disse nada.
æ  Ryguasu okokore ha oñani avatytýpe. A galinha cacarejou e escondeu-se no milharal.
b) - Ñe’ẽjoajuha mbohovakéva rupi/coordenadaadversativa - Exprime ideia de oposição, restrição ou ressalva. São geralmente iniciadas pelas conjunções: mas, porém, todavia, contudo, no entanto, entretanto. Em Guarani são: katu, jepe, ramo jepe, aipóramo e rangue, techapyrã/ex.:
æ  Aju, ha ndarúi mba’eve. Venho, mas não trago nada.
æ  Che apytu’u, nde katu remba’apo. Eu descanso, mas tu trabalhas.
æ  Che ndachearéi chéne, ha’e katu hi’areva’erã. Eu não demorarei, mas ele sim.
æ  Che ndaikuaái, ha’e katu oikuaa. Eu não sei, mas ele sabe.
æ  Ha’e ndokyhyjéi ramo jepe ichugui ojupi yvyra yvatére. Embora não o temesse, subiu em uma árvore alta.
æ  Oguereko, ha nome’ẽi. Tem, mas não dá.
c) - Ñe’ẽjoajuha mbojoaju’ỹva rupi/coordenadasalternativas - Exprimem ideia de exclusão ou alternância. As conjunções são: ou, nem, não, ora, quer. Em Guarani são: tẽra, ‘ỹrõ, techapyrã/ex.:
æ  Jagua oguata’ỹ oñani. O cachorro nem anda nem corre.
æ  Mba’e yvápa re’uséve arasa tẽrapa Narã. De que fruta tu gostas mais, goiaba ou laranja?
æ  Reho tẽrapa repyta. Vais ou ficas?
æ  Reñe’ẽtapa tẽra nereñe’ẽmo’ãi. Falará ou não falará.
æ  Repuraheisépa tẽrapa reñatõi reisénte mbaraka. Queres cantar ou apenas tocar o violão?
æ  Torypópe amóme opurahéi, amóme ohai kuatia, amóme katu ose oguata. Diverte-se ora cantando, ora escrevendo, ora passeando.
d) - Ñe’ẽjoajuha paháva/coordenada conclusiva. Exprime uma conclusão da ideia contida na outra oração. É iniciada principalmente por logo, portanto, então, pois (após o verbo). Em Guarani: katu, voi, upéi, techapyrã/ex.:
æ  Apy’amongeta upekuévo aikove. Penso, logo existo.
æ  Ha upéicha. Pois bem.
æ  Iguatemigua voínte. Pois, sou de Iguatemi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguyjevete ne ñe'ë. Obrigada pelo teu comentário.