10/09/12

Vy’apavẽ / Felicidade

http://guaraniportugues.blogspot.com/ 
 Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani. Cecy Fernandes de ASSIS







Ohai Guaraníme: David Galeano Olivera
Ler original em: http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/felicidade-vy-apav
Antigamente, não começo dos tempos, reuniram-se vários demônios para zombar dos homens.
Peteĩva osẽ he’i: “Jahekyi’arãmo’ã peteĩ mba’e yvyporakuéragui. Ágã, mba’épa ikatu jahekýi ichuguikuéra” / Um deles disse: - “Deveríamos eliminar algo dos homens. Então, que eliminaremos?”
Heta oñepy’amongeta rire, ambue osẽ he’i “Aikuaáma, jahekýita ichuguikuéravy’apavẽ. Ágã pe che ndaikuaáivango moõpa ñañomíta ani haguã ha’ekuéra ojuhu…” / Depois de muito meditar, outro dentre eles disse: - “Já sei!, vamos diminuir a felicidade deles, mas não sei onde escondê-la para que não possam encontrá-la...”
Peteĩva osẽ he’i: - “Ikatúngo ñañomi pe yvyty ijyvatevévape oĩva ko yvórape” / Um deles sugeriu: “Poderíamos escondê-la na montanha mais alta do mundo.”
Ambue ohenduka hemiandu kóicha: - “Nahániri. Nemandu’áke ha’ekuéra ipu’akaha. Peichaháguiente peteĩ ojupíta ha ojuhúta. Pete ĩ ojuhúramo, opavavete oikuaátama mamópa o ĩ…” / Outro escutou e manifestou-se assim: - “Não. Lembre que eles têm força. De repente alguém pode subir  e achá-la. “Se um deles encontrá-la, já todos saberão onde está...”
Upéi ambue he’i: - “Upéicharõ ñañomiva’erã para ruguaitépe. Upépengo ndojuhumo’ãi hikuái…” / Logo outro disse: - “Então devemos escondê-la no fundo do mar. Ali não deverão encontrá-la…”
Ha ambue ombohovái: - “Nahániri. Nemandu’áke ha’ekuéra akóinte ojeporekaha.Oguahẽta peteĩ ára ha’ekuéra ojapotahápepeteĩ mba’yru oguejy haguã ha upéicha ojuhúta hikuái…” /  E outro respondeu: - “Não. Lembre que eles sempre estão procurando algo. Virá um tempo que eles construirão algum aparelho para poder descer  e então a encontrarão...”
Peteĩ osẽjevy he’i: - “Ñañomína peteĩ mbyjápe oĩva mombyryeterei ko Yvýgui”. / -Outro mais disse: “Vamos escondê-la em uma estrela muito longe da Terra.”
Ha… Ombohovái hikuái ichupe: -“Nahániri. Nemandu’áke iñaranduha hikuái ha peteĩ ára ikatu ojapo peteĩ mba’yruveve ha péicha ojuhúta hikuái pe mba’e oñemoñemíva. Péva ojehúrõ, opavavete hupytýta hikuái vy’apavẽ…” /  - E... Responderam-no: “Não. lembre que eles têm  inteligência  e um dia alguém construirão uma nave espacial na qual possam viajar  e conseguirão descobrir o mistério. Então, todos terão felicidade...”
Pe moñái pahague niko, kirirĩháme, ohendúkuri opavave iñirũ remiandu. Ohesa’ỹijókuri peteĩteĩ umi temiandu ha upéi ojerure ñe’ẽ: - “Aikuaáma moõpa ñañomikuaa.” / O caçula dos demônios que, em silêncio, escutava atentamente todas as propostas de seus colegas. Analisou cada uma delas e então tomou a palavra: -“Já sei onde escondê-la.”
Maymáva ojere ha oporandu oñondivépa: -“Mamópa” / Todos se voltaram  e preguntaram ao mesmo tempo: - “Onde?”
Moñai’i ombohovái: - “Ñañomíta ipypekueravoi. Ha’ekuéra oikóta oheka hikuái ijere ha opárupi ha araka’eve ndojuhumo’ãi” / O diabinho respondeu: -“Vamos escondê-la dentro deles mesmos. Estarão tão ocupados buscando-a fora, que nunca a encontrarão”
Opavavete omoñeíkuri ha upete guive ojehu péicha: yvypóra oikójepi oheka vy’apavẽ ijerére oikuaa’ỹre vy’apavẽ oñemohendahague ikorasõruguaitépe… / Todos concordaram e desde então tem sido assim: o homem passa a vida buscando a felicidade em sua volta sem saber que a felicidade situa-se no mais recôndito de seu coração...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguyjevete ne ñe'ë. Obrigada pelo teu comentário.