19/01/13

JÝI / ARCO-ÍRIS

http://guaraniportugues.blogspot.com/ 
 Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani. 
Cecy Fernandes de ASSIS

JÝI / ARCO-ÍRIS /Rainbow / Arco iris  / Regenbogen / Arc en ciel / 虹 / 彩虹
Ohai: David Galeano Olivera
Original em: http://cafehistoria.ning.com/profiles/blogs/j-i-arcoiris
Ka’apukúpe, yma ymaite, oikova’ekue peteĩ mitã’i hérava Kalo’i itúva ha isy ndive. / Em Ka’apu, há muito tempo atrás, vivia um menino que se chamava Carlinhos, seu pai e sua mãe.
Ha’ekuéra oikova’ekue peteĩ tapỹi chu’imíme ha imboriahu imboriahueterei hikuái./ Eles viviam em um humilde ranchinho e eram muito, mas muito pobres.
Itúva oñembokokue ha yvy ome’ẽ ichupe avati, kurapepẽ, manduvi, jety, mandi’o ha kumanda. Opávo umíva ho’umiva’erã umi tembyremi ombyatyva’ekue ha heta jevy ohasa hikuái ñembyahýi ndorekovéigui tembi’u. / Seu pai lavrava a terra que produzia milho, abóbora, amendoim, batata, mandioca e feijão. Na época de escassez se alimentavam do pouco que conseguiam juntar e muitas vezes até passaram fome por não ter comida.
Hamói he’imiva’erã Kalo’ípe omano rire ohechataha, Ñande Ru ndive, mba’éichapa ikatúne oipytyvõ ichupekuéra osẽ haguã mboriahúgui; ha péicha, peteĩ ára, tamói omano. / Seu avô sempre dizia a Carlitos que logo depois morrer ele viria, com Deus, como ajuda-los a sair de a pobreza; e assim, um dia, o avô morreu.
Ohasávo umi ára, tamói ojehechauka Kalo’ípe iképe ha he’i ichupe: “Ejesareko, ama guasu oúva rire, pe jýi heñoihápe ha upépe rejuhúta mba’eta guasu ha peneipytyvõtava -peipuruporãrõ- peiko porã haguã peikotevẽ’ỹre mba’eve”. / Passado um tempo, o avô apareceu em sonhos e lhe disse: “Olhe, depois da primeira chuva, onde nasce o arco-íris e ali encontrarás uma grande riqueza que - se bem administrada por vós- vos ajudará a viver folgadamente”.
Ha añetehápe, Kalo’i ha itúva, ama guasu rire, ohókuri jýi heñoiha peve. Ha ojuhu peteĩ japepo henyhẽva itajúgui. Pe mba’eta rupive ha’ekuéra ohupyty tekoporã ha avei oipytyvõ hapichakuéra oikotevẽvape. / E realmente, Carlinhos e seu pai, depois da chuva foram até onde nascia o arco-íris. E encontraram uma panela cheia de ouro. Essa riqueza os ajudou a viver muito bem a ajudar a seus amigos.
Ha péicha oguahẽ ijapýpe Kalo’i rembihasakue, hamói ñepytyvõ rupive, ojuhuva’ekue mba’eta oĩva jýi heñoihápe. / E assim chega ao fim a historia de Carlinhos que ajudado por seu avô encontrou a riqueza onde nascia o arco-íris…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguyjevete ne ñe'ë. Obrigada pelo teu comentário.