12/02/13

2 - Ñañe’ẽmi Guarani: ©Apohára: Miguel Angel Veron GÓMEZ

http://guaraniportugues.blogspot.com/
 Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani. 
Cecy Fernandes de ASSIS



Ko aranduka osẽ FONDEC/Fondo Nacional de a Cultura e as Artes pytyvõme.
Tradução para o português: Cecy Fernandes de ASSIS
2 - A partícula piko também expressa outros conteúdos além da interrogação. A mesma expressa surpresa, estranheza ou admiração. Diante de uma informação inesperada que se recebe, por exemplo:
- Ohova’ekue ningo che ra’e España-pe. /  Meu filho foi à Espanha.
- Piko. / Verdade!
- Kuehe omano José jarýi. / Ontem morreu a avó de José.
- Piko. / Não me digas Não posso crer.
De onde é.                                                                                                                
Onde vive.                                                                                                                
De onde vem.                                                                                                                       
Aonde vai.                                                                                                                
Onde trabalha.                                                                                                          
Que estuda.                                                                                                              
Como se chama seu pai.                                                                                          
Como se chama sua mãe                                                                                         
Qual é o número de seu telefone.                                                                            
8. É bom praticar as expressões de cortesia com os companheiros e companheiras através de dramatização. Crie um diálogo.
9. Mokõi tapicha, peteĩ karai ha ambue kuñataĩ, ojojuhu Paraguaýpe ha ojokuaase hikuái. Jahaimína peteĩ ñemongeta ikatúva ojapo ã tapicha. / Dois amigos, um senhor e outra moça encontram-se em Assunção e desejam conhecerem-se
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   
Ñanemandu’a haguã: / Para lembrar-nos
Che cheko’ẽ porã. / Eu amanheci bem.
Nde neko’ẽ porã. / Tu amanheceste bem.
Ha’e iko’ẽ porã. / Ele, ela amanheceu.
 Ñande ñaneko’ẽ porã. / Nós amanhecemos bem.
Ore oreko’ẽ porã. / Nós amanhecemos bem.
Peẽ peneko’ẽ porã. / Vós amanhecestes bem.
Ha’ekuéra iko’ẽ porã. / Eles amanheceram bem.
Moõpa ñande jaiko. / Onde nós moramos.
Che aiko Paraguaýpe. / Eu moro em Assunção.
Nde reiko San Lorenzo-pe. / Tu moras em San Lorenzo.
Ha’e oiko Ka’aguasúpe. / Ele mora em Ka’agusu.
Ñande jaiko Paraguay jerére. / Nós moramos nos arredores de Assunção.
Ore roiko okaháre. / Nós moramos no exterior (ou no sítio).
Peẽ peiko Luque-pe. / Vós morais em Luque.
Ha’ekuéra oiko Argentina-pe. / Eles moram na Argentina.
Aju che rógui. /Venho de minha casa.
Aju che rembiapohágui. / Venho de meu trabalho.
Aju che mbo’ehaógui. / Venho da minha escola.
Aju tetã ambuégui. / Venho de outro país.
Mba’éichapa reiko(mi). / Como estás?
Aiko porã. / Estou bem.
Jaiko(ve). / Estamos bem.
Ni nda’ivaipotái. /
Aiko tengeténgepe. /
Ha jacherechapáma. /
Ha’e oiko che róga ykére. / Ele mora ao lado de minha casa.
Ha’e oiko Ciudad del Este-pe. / Ele mora na cidade Del Este.
Ha’e oiko tetã ambuépe. / Ele mora em outro país.
Ha’e oiko okaháre. / Ele mora no exterior.
Moõpa jaháta ñande. / Para aonde vamos.
Che aháta jerokyhápe. / Eu irei ao baile.
Nde rehóta kánchape. / Tu irás ao estádio (de futebol).
Ha’e ohóta facultad-pe. / Ele irá à faculdade.
Ñande jaháta oficina-pe. / Nós iremos ao escritório.
Ore rohóta congreso-hápe. / Nós iremos ao Congresso.
Peẽ pehóta ñemuhápe. / Vós ides ao mercado.
Ha’ekuéra ohóta iñakã he’ihápe ichupekuéra. / Eles irão onde sua cabeça mandar. Eles farão o que lhes der na telha.
Ni nda’ivaipotái. / Nada dará errado.
Aiko tengeténgepe. / Ando, vivo com dificuldade. Estou mal à beça.
Ha jacherechapáma. / Já me vês.  
Ha’ekuéra omba’apo Paraguaýpe. / Eles trabalham em Assunção.
Ha’ekuéra omba’apo peteĩ fábrica-pe. / Eles trabalham em uma fábrica.
Ha’ekuéra omba’apo merkádo-pe. / Eles trabalham no mercado.
Ha’ekuéra omba’apo bánko-pe. / Eles trabalham no banco.
Ha’ekuéra omba’apo ijehegui hógape. / Eles trabalham em suas casas.
Mávapa amóva: / Quem é aquele:
Amóva che reindy. / Aquela é minha irmã.
Hi’ã chéve ova ramóva. / Acho que aquele é o que se mudou.
Amóva karai intendente. / Aquele é o senhor prefeito.
Amóva kuñakarai pohãnohára. / Aquela é a senhora médica
Ndaikuaái ichupe. / (Aquele) Não o conheço.
Mba’érepa nde reñemoaranduse: / Por quê tu queres estudar?
Añemoaranduse añakãrapu’ã haguã. / Quero estudar para seguir em frente.
Aikuaa haguã heta mba’e. / Para saber muitas coisas.
Aipytyvõ haguã che rogayguakuérape. / Para ajudar minha família.
Che’aranduse rupi. / Para me educar.
Ohóta omohu’ã vove hembiapo. / Irá tão logo que concluir seu trabalho.
Nomombe’úi gueteri chéve. / Ele ainda não me contou.
Ko ary pahápe. / No fim deste ano.
Ndaikuaái. / Não sei.
Mba’éichapa ndepyhareve kuñakarai. / Bom dia, senhora.
Iporãmínte, mba’épa remandami. / Muito bem, o que desejas.
Ajúningo añe’ẽvo karai Intendente ndive. / Vim para falar com o senhor prefeito.          
Neĩ. Ko’ãga ha’e oñemongetahína peteĩ tapichándi. Eha’arõmína ichupe. / Bom. Agora ele está conversando com um(a) pessoa.
Oĩma. Aha’arõta ichupe. Aguyje ndéve. / Está bem. Vou esperá-lo (esperá-lo-ei). Obrigado(a).
Ndaipóri mba’érepa. / Não tem porque (de nada).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguyjevete ne ñe'ë. Obrigada pelo teu comentário.