03/05/14

Karia’y ha atau/O jovem e o ataúde #Aikuaave haguã/Para saber mais:

http://guaraniportugues.blogspot.com/ Dicionário Guarani / Português, Português / Guarani. Cecy Fernandes de ASSIS
Vídeo:  Rubén Rolandi - San Antonio
https://www.youtube.com/watch?v=rwncDPwzmkU




#Aikuaave haguã/Para saber mais: 


Recopilación: Domingo Adolfo Aguilera
Versión al español: Feliciano Acosta, Domingo Adolfo Aguilera y Carlos Villagra Marsal.
·       No texto há vários empréstimos linguísticos, marcados em vermelho.


 Oĩngo peteĩ ka’aguy jovái iñypytũva, amo Kira’yty jahasávo ko’a gotyo. Ou ndaje hína upérupi peteĩ karai peteĩ pyhare, Kira’ytýgui. Ha oĩ peteĩ yvype ipo’iveha la tape. / Havia, em frente, uma mata espessa e escura, ao passar de Kira’yty até aqui (é alguém narrando). Dizem que, uma noite, vindo de Kira’yty passava por ali, certo cavaleiro. E havia um lugar onde o caminho se estreitava.
Guembe guasu hamba’e henyhẽte la tape rembete guive, ha iñypytũve voi upépe. Ha oikévo la karai upépe ndaje, ojuhu peteĩ atau puku guasu atravesádo, la tape omboty chugui hína. / Plantas de guaimbê e plantas parecidas enchiam suas encostas e por isso, o lugar era ali mais sombrio. E dizem que, o senhor ao entrar nesse trecho, topou com um grande caixão de defunto (ataúde), atravessado no caminho e fechando a passagem.
Ndajeko ñasaindy porã, ha oñemo’aguĩ chugui la karai, ohecha porãve haguã. Ojero’a nunga hi’ári ha omaña la hyepýre ha ohecha la morotĩva pype. / Dizem que havia um lindo luar e o homem se aproximou dele (do caixão) para ver melhor. Inclinou sobre o féretro e observou que adentro havia algo branco.
 Oĩla oĩva pype. Oñeno hína. Ha la kavaju ndaje oñembo’y heseve, ndohasa mo’ãi voi mba’eveichavérõ. / Dentro havia algo. Estava deitado. Dizem que então o cabalo corcoveou e por nada no mundo passaria aquilo.
 Ha la kavaju okyhyjéma ramo ndaje, okyhyjéma la karai avei. Ha ojevy. Oho ótro tape rupi, osẽ Chararã puévlope, upérupi ou haguãicha la hógape. / E dizem que o cavalo assustou-se e o senhor assustou-se também. Retrocedeu. Foi por outro caminho, saiu no povoado de Chararã, que do mesmo modo ia para sua casa.
Ha ohasapávo la puévlo, oĩ peteĩ porton guasu. Upépe osẽvo ndaje, oguejy la henda árigui ha ojuhu peteĩ kuñakarai karape’i oguapy la portónpe hína. / Ao passar pelo povoado, havia um grande portão. Dizem que ao chegar lá, apeou do cavalo e encontrou uma senhora baixinha, sentada no portão.
Rejere reíko, he’i ndaje ichupe la kuñakarai. Ejevy jevy, eho jevy pe nde hapykuerére. / Em vão voltaste. Contam que lhe disse a senhora. Retorne, Volte outra vez, por aonde vieste.
La karai nopenái la kuñakaraíre ha ndaje oñemo’aguĩ oheka la portónpa mba’éicha oipe’áta. Ojepovyvy ndaje ha ndojuhúi la jaipe’aha. Ojellavea, péro ndohechái imba’evéichagua kandádo. / O homem não se importou com a mulher e dizem que se aproximou e tentou achar como abri-lo. Dizem que apalpou e não encontrou a tranca. Estava chaveado, mas não viu tranca de nenhum tipo.
Pytũeterei voi upépe. Ha ndaikatu mo’ãingo la alámbre ahéno mba’e ombyai la ohasa haguã. / Então, havia escurecido muito lá. E, presumiu que não podia estragar o aramado alheio para passar.
Ndikatu mo’ãi rehasa. He’i ndaje ichupe la kuñakarai’i mimi (mokõima ndaje upérõ guarã). ― Ejevy jevy. He’i ichupe hikuái. / No poderás passar, contam que lhe disse a mulherzinha (dizem que já eram duas, até então). Retorne, elas disseram-lhe.
Ha ojevy mante hapykuerére la karai. Ha oho pukumívo ndaje, oñandu la oñeprende vevúiva ohóvo la iku’áre. Omaña ha ojuhu la kuñarai’i peteĩva ijapýri. / E o homem teve que voltar. E dizem que ao se afastar, sentiu que uma mão segurava-se levemente em sua cintura. Olhou e encontrou uma das mulherzinhas na sua garupa.

Upépe noñeñanduvéi la karai, ha la kavajúntema omoguahẽ ichupe heindykuéra rógape. Naimandu’ái mba’éichapa ohasa la atau ohecha hague rupi. / Ali o homem desmaiou e o cavalo, por sua conta, conduziu-lhe até a casa de suas irmãs. Nunca se lembrou de como passou o ataúde tinha visto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguyjevete ne ñe'ë. Obrigada pelo teu comentário.